Nós apoiamos o Outubro ROSA

Outubro há alguns anos tem sido o mês da prevenção do câncer de mamas. Fazendo o auto exame, a probabilidade de se detectar a doença no início é grande, e a chances de cura é de quase 100%. Por isso vamos cuidar das joias das nossas vidas: mães, esposas, filhas, amigas, vizinhas enfim, apoie essa causa  você também.

A Benne Fatto é 100% ROSA em Outubro!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Silvia Caruso

As noivas de Setembro

Setembro é a estação das flores, por esse motivo tem sido o mês mais procurado pelas mulheres apaixonadas que vão se casar.

As opções de flores aumentam, os vestidos podem ser mais decotados, enfim tudo ganha um novo tom.Pensando nisso separamos uma seleção de vestidos com joias para as noivinhas de setembro. Como tendências vimos que os vestidos estão mais simples, sem muito rebusco e com tecidos leves, mas as rendas… ah as rendas… essas são eternas.

 

Para esse vestido sereia, o par de brincos cascata é ideal, pois a joia pode ser mais exuberante, pois o vestido acompanha as curvas do corpo.

 

Já para esse vestido decote princesa um colar exuberante de diamantes baguetes ficaria perfeito, nas orelhas produziríamos com um par de brincos solitários de 3cts cada pedra. Na mão direita para combinar com a pulseira o anel de diamantes que está na foto.

Nesse vestido encantado a combinação de ouro branco com rosé e diamantes fica simplesmente esplendoroso. Bem diferente da proposta de pérolas, fica muito mais moderno e condizente com a estação das flores…

Alegrar o vestido branco com tanzanitas também passa ser uma opção clássica moderna.

Morganitas trazem um tom rosado ao look dessa noiva tão clássica. Luxo!

Feliz Setembro das noivas das flores!

 

Silvia Caruso

 

As flores chegaram…

primavera-2

 

A primavera chega hoje, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

 Finos clarins que não ouvimos devem soar por dentro da terra, nesse mundo confidencial das raízes, — e arautos sutis acordarão as cores e os perfumes e a alegria de nascer, no espírito das flores.


Há bosques de rododendros que eram verdes e já estão todos cor-de-rosa, como os palácios de Jeipur. Vozes novas de passarinhos começam a ensaiar as árias tradicionais de sua nação. Pequenas borboletas brancas e amarelas apressam-se pelos ares, — e certamente conversam: mas tão baixinho que não se entende.
Oh! Primaveras distantes, depois do branco e deserto inverno, quando as amendoeiras inauguram suas flores, alegremente, e todos os olhos procuram pelo céu o primeiro raio de sol.
Esta é uma primavera diferente, com as matas intactas, as árvores cobertas de folhas, — e só os poetas, entre os humanos, sabem que uma Deusa chega, coroada de flores, com vestidos bordados de flores, com os braços carregados de flores, e vem dançar neste mundo cálido, de incessante luz.
Mas é certo que a primavera chega. É certo que a vida não se esquece, e a terra maternalmente se enfeita para as festas da sua perpetuação.

 Algum dia, talvez, nada mais vai ser assim. Algum dia, talvez, os homens terão a primavera que desejarem, no momento que quiserem, independentes deste ritmo, desta ordem, deste movimento do céu. E os pássaros serão outros, com outros cantos e outros hábitos, — e os ouvidos que por acaso os ouvirem não terão nada mais com tudo aquilo que, outrora se entendeu e amou.
Enquanto há primavera, esta primavera natural, prestemos atenção ao sussurro dos passarinhos novos, que dão beijinhos para o ar azul. Escutemos estas vozes que andam nas árvores, caminhemos por estas estradas que ainda conservam seus sentimentos antigos: lentamente estão sendo tecidos os manacás roxos e brancos; e a eufórbia se vai tornando pulquérrima, em cada coroa vermelha que desdobra. Os casulos brancos das gardênias ainda estão sendo enrolados em redor do perfume. E flores agrestes acordam com suas roupas de chita multicor.
Tudo isto para brilhar um instante, apenas, para ser lançado ao vento, — por fidelidade à obscura semente, ao que vem, na rotação da eternidade. Saudemos a primavera, dona da vida — e efêmera.

Por Cecília Meirelles

Muitas flores e beleza no Pavilhão de Exposição de flores, plantas ornamentais e morangos em Atibaia

Dia 2 de Setembro inicia a 36ª edição da Festa de Flores e Morangos de Atibaia, colaboradores e equipe de decoradores se preparam para receber o grande público que vem prestigiar o evento.

morangos-wallpaper


Sendo uma das principais festas de flores do Brasil, um dos atrativos mais aguardados em cada edição da Festa de Flores e Morangos de Atibaia é o Pavilhão de Exposições. Inaugurado em 1985, e com 1500 m2, o espaço é destinado para a exposição de flores, plantas ornamentais e morangos. Com o envolvimento e esforço da comunidade japonesa de diferentes locais do Brasil, a cenografia montada é única e de extrema delicadeza, baseada na temática da festa que é “Riquezas da Terra”. A decoração será composta por mais de 1 milhão de flores, das mais diferentes espécies e cores, os morangos também irão fazer parte da decoração com a proposta de causar uma sensação ímpar em quem visitar do pavilhão.

Uma grande equipe trabalha para preparação do Pavilhão e receber os visitantes com uma decoração primorosa e rica em detalhes, toda decoração será uma viagem a história do produtor rural, trazendo a vida do homem do campo que está ligada ao respeito com terra e empenho de toda família na produção agrícola. Para relatar a história da colônia japonesa e seu trabalho no campo, o visitante será recebido com uma exposição fotográfica que mostra os primeiros produtores rurais imigrantes, também haverá uma réplica de uma cabana com peças históricas agrícolas que foram utilizadas pelos primeiros imigrantes, o material fotográfico e as peças históricas foram cedidas pelo Museu da Imigração Japonesa, que reafirma mais um ano a parceria com a Festa de Flores e Morangos de Atibaia.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A natureza estará presente em todos ambientes, muitas flores como orquídeas, azaleia, crisântemos, rosas, mini rosas, alstromérias, gérberas, lisiantos além de arbustos, cascatas, riachos, vales e árvores. Os produtores da região de Atibaia estarão expondo toda a sua produção em um dos ambientes do Pavilhão, dando a oportunidade do visitante conhecer todo o trabalho dos produtores rurais. Hoje a cidade de Atibaia representa 11% dos produtores rurais do Brasil e 42% da área plantada do Estado e 25% das flores comercializadas no país são de Atibaia.

Para obter outras informações e detalhes a respeito da festa, entre em contato pela central de atendimento através do número 0800 555 979 de segunda a sexta, das 8h às 17:30h, ou acesse o site:

http://www.floresemorangos.com.br

Serviço:
36º Festa de Flores e Morangos de Atibaia
Festa de Flores e Morangos de Atibaia
Data: de 02 até 25 de setembro de 2016
As sextas, sábados e domingos – incluindo dias 07 e 08
Horários: das 09h até 18h
Local: Parque Municipal Edmundo Zanoni, Av. Horácio Neto, 1030
Cidade: Atibaia, SP
Telefone – 0800-555-979

Fonte: site Terra